domingo, 20 de Maio de 2012

Prostitutas acusam mulheres fáceis da prática de ‘dumping’

Por João Henrique

Depois das empresas da área da grande distribuição, as suspeitas de vendas de produtos abaixo do preço de custo chegaram à indústria do amor informal.

O Sindicato das Trabalhadoras do Sexo acusou esta semana as mulheres fáceis de dumping económico e prepara-se para apresentar queixa em Bruxelas. “Esta prática de preços predatórios por parte das mulheres fáceis está a destruir-nos o negócio. Este negócio tem despesas grandes: cabeleireiro, maquilhagem, roupas, sapatos, ginásio e tratamentos estéticos. Vendemos um produto caro, com manutenção constante e de alto desgaste. E depois aparecem estas vacas que vão para a cama de borla e muitas vezes até pagam a sua parte da conta do jantar. E elas sabem que as perdas actuais não vão ser compensadas com ganhos futuros. A Autoridade da Concorrência que multe estas p*tas para repôr alguma justiça”, declarou a porta-voz. JH

Gamado daqui:

Sem comentários: