quinta-feira, 10 de junho de 2010

Como tornar-se um doente mental

Já lemos este livro há uns anos. É muito bom e recomenda-se.

Ah, sim...
Resultou.


1 comentário:

Jorge Rodrigues disse...

Ando à procura do inverso...será que existe?