sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Balcão Trauma

Esta é a minha nova BD ainda em fase de construção. E estas são as suas primeiras nove pranchas, já construídas.
Trata-se da sequela do Sexo, Mentira e Fotocópias mas é uma história independente. Agradeço desde já os vossos comentários críticos se para aí estiverem virados. Mesmo que gostem.









(continua)
© Álvaro


9 comentários:

Zé Oliveira disse...

se eu dissesse que tá uma merda, dizias que eu era uma besta, presumido, caprichoso, pusilânime, preconceituoso, invejoso, mentecapto, ignorante, frustrado, idiota, pinto de sousa, a mania kés perto.
Se eu dissesse que tá munta bom, dizias que eu sou maZé parvo. De modo que
Desenha mais! Pá gente sir advertindo!

Paulo Marques disse...

Álvaro, está excelente! Com um sentido de humor muito inteligente, equilibrado e com um desenrolar da acção que demonstra que és um Mestre na narrativa de imagens sequenciais! Gostei mesmo muito e aqui fico a aguardar qual será o seguimento dessa BD, que por estas primeiras pranchas, se adivinha vir a se tornar numa banda desenhada preenchida de um divertido e satírico sentido de humor!

Grande Abraço!

PM

Vostradong disse...

Eu tou com o Zé. Mas pra mim, o S.M. & F. ainda está uns furos acima. Mas esta ideia tem potencial e pode chegar lá. Desenha mais. Vamos estar ansiosos à espera pra ver o que acontece nessa clínica maluca... ;)

Dª ZARZANGA disse...

Promete!

Maria José Salvado disse...

Eu comprei o SM&F, uma coisa que não aceitava bem eram as pausas demasiado longas, penso que este peca também por isso.

Se posso deixar uma crítica o facto da enfermeira dizer que o doente "ainda respira" não faz muito sentido numa especialidade de psiquiatria, isto até é possível mas parece um bocado forçado porque a imagem que me dá é a doutora estar um bocado à parte de ter de lidar com questões de vida e de morte, excluindo os suicídios, claro.

Um toque porreiro seria a caveira ter o cabelo da enfermeira.

Alvaro disse...

Obrigado a todos pelos comentários até ao momento. Eu sei que por enquanto a coisa tá um pouco mais morna do que o início do SMF. Mas prometo que isto vai piorar, e muito.
E esta vai ter muitas mais páginas.

Já agora isto não se passa numa urgência psiquiátrica. Passa-se num balcão de traumatologia que é onde numas urgências de um banal hospital português são atendidos os acidentados.
Pelo que percebi.... acho que é assim que aquilo por lá teoricamente funciona.

Pedro Bladder disse...

Talvez o meu problema tenha sido mesmo ter lido o SM&F primeiro e depois porque com o aspecto que o doente tem não parece que teve um acidente... dá a idéia que é meio chanfrado e o obrigaram a ir ao hospital à força. Nas traumatologias as enfermeiras fazem a triagem e encaminham para os médicos indicados, logo lógicamente este iria a uma consulta psiquiátrica, a não ser que este tenha alguma maleita física que ainda não vimos.

Felizardo Cartoon disse...

A narrativa é extremamente apropriada, aliada ao desenho escorreito e fluente, à semelhança dos atributos do SM&Fotocópias!

Esperemos pela sequelas!
Cumprimentos

César Évora disse...

o inicio está um bocadinho lento
mas fora isso tu dominas a arte